Tamanho do texto

HSE: fidelidade ao passado e esperança no futuro

Desde o momento de sua inauguração os dias atuais, o H.F.S.E. - (Hospital Federal dos Servidores do Estado, mais conhecido como HSE), um hospital do Ministério da Saúde, localizado na cidade do Rio de Janeiro e mantido pelo Governo Federal, conquistou um conceito inigualável entre as demais instituições similares, que se empenham na missão dignificante de preservar a vida e a saúde de nossos semelhantes.

É, por exemplo, o único Hospital Sul Americano a receber a classificação A do Colégio Americano de Cirurgiões.

Mas não foi por acaso, já que grandes nomes da Medicina Brasileira pontificavam neste Hospital.

Catedráticos ocupavam Cargos de Chefes de Serviços, Chefes de Clínicas ou eram componentes do seu quadro de profissionais médicos. Médicos do quadro permanente, em grande número, compareciam aos domingos para rever seus pacientes. No HSE estiveram internados ou em consultas, as maiores autoridades da República. O sistema de Residência Médica até então desconhecido no Brasil, foi implantado pelos Dr. Aloysio Salles Fonseca e recebeu o apoio dos Luiz Torres Barbosa e Gastão Veloso.

A Residência começava com estágio probatório de dois meses nos laboratórios de análises; após o termino éramos submetidos à prova prática. Rodízio nos diversos serviços relacionados com a especialidade ocupava todo primeiro ano. Apenas a partir do segundo, era permitido frequentar o Serviço de Oftalmologia.

Este serviço era chefiado por Dr. Rui de Castro Rolim e Orlando da Silva Rebello como Chefe de Clínica. O corpo Clínico, formado pelos Drs. Almiro Azeredo, Rui Costa Fernandes e Luiz Eurico Ferreira.

O Dr. Rui Rolim era possuidor de grande cultura médica e igualmente exímio cirurgião. Já o Chefe de Clinica, Dr. Orlando Rebello, era considerado uma figura singular, que sempre desempenhou uma atividade construtiva. O Dr. Almiro Azeredo tinha uma verdadeira vocação de Professor. Rui da Costa Fernandes era impar por sua cultura e inteligência superior.

Já o Dr. Luís Eurico Ferreira era o mais jovem da equipe e veio a se tornar um grande profissional, reconhecido no mundo oftalmológico brasileiro e até Internacional. Fundou o IBOL e veio a ocupar a cátedra das Universidades Gama Filho e da UERJ.

No nobre intuito de movimentar e favorecer o intercâmbio de conhecimentos científicos o Serviço de Oftalmologia promoveu a presença de grandes figuras de real destaque Internacional, além de colegas brasileiros que ocupavam a liderança da oftalmologia nacional. O HSE além de patrocinar os convites, diligenciava as recepções aos ilustres visitantes.

Publicava também um Boletim distribuído graciosamente em todo território nacional e com intercâmbios com Revistas e Universidade no Exterior.

A Oftalmologia do HSE possui os setores de Oftalmologia Geral, Glaucoma, Catarata, Córnea e Segmento Anterior, Pálpebras, Vias Lacrimais, Retina, Estrabismo e Neuro-oftalmologia, que realizam atendimento clínico e cirúrgico. O Serviço assiste a recém-nascidos prematuros ou não, crianças, adolescentes, adultos e idosos. A equipe é formada por médicos, residentes, enfermeiras e auxiliares de enfermagem.

Na Unidade de Pacientes Externos, a Oftalmologia possui 10 consultórios e quatro salas de cirurgia ambulatorial. São realizadas cerca de 300 consultas e 400 exames por dia. Atualmente, o número de operações fica em torno de 25 cirurgias dia. A estimativa é que se atinja a média de 100 intervenções dia, após o suprimento de recursos humanos, principalmente, no âmbito da enfermagem. Na área hospitalar, o serviço possui 15 leitos e realiza cerca de 10 operações de grande porte. O setor com a maior produção cirúrgica é o de Catarata, sendo feitas aproximadamente 240 operações ao mês.

No Quinto andar de Oftalmologia utilizamos 11 leitos de adultos ma enfermaria 551 e 3 leitos infantis na enfermaria 515. Fazemos cirurgias em pacientes externos no Centro Cirúrgico principal. E são feitos no quinto andar exames de angiografia fluoresceínica, Ultrassonografia ocular, O.C.T. e Yag laser.

O Serviço participa das campanhas do Ministério da Saúde e da Sociedade de Oftalmologia, como por exemplo, o programa infantil "Olho no Olho", a campanha de pressão ocular e a de captação para o Banco de Olhos.

Todos os setores realizam, regularmente, cursos práticos e teóricos para os residentes e estagiários estrangeiros do serviço, ministrando, duas vezes por ano, jornadas científicas abertas a profissionais de outras unidades.



(Fonte: site oficial do HSE)

Pagina 1 de 28

Prev Next

As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar.

Leonardo da Vinci

A verdadeira viagem não está em sair a procura de novas paisagens, mas em possuir novos olhos.

Marcel Proust

Obstáculos são aqueles perigos que você vê quando tira os olhos de seu objetivo.

Henry Ford

Mulher, teus olhos são meus livros.

Machado de Assis

O homem acredita mais com os olhos do que com os ouvidos.

Sêneca

Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma longa explicação.

Mário Quintana

Guarda-me, como a menina dos seus olhos. Ela é a tal, sei que ela pode ser mil, mas não existe outra igual.

Chico Buarque

Dirão, em som, as coisas que, calados, no silêncio dos olhos, confessamos?

José Saramago

O horizonte está nos olhos, e não na realidade.

Ángel Ganivet

Os olhos são os intérpretes do coração, mas só os interessados entendem essa linguagem.

Blaise Pascal

Fiero